8
SUSTENTABILIDADE

INTRODUÇÃO
GRI G4-DMA

O conceito de sustentabilidade cresce a cada ano na JBS, sendo aplicado em várias etapas da cadeia de valor. Tem como objetivo assegurar a perenidade dos negócios e contribuir para o desenvolvimento de produtos e serviços de qualidade, além de criar valor aos públicos de relacionamento por meio da promoção do desenvolvimento social e redução de impactos ambientais.

Para conduzir esse tema, a JBS conta com três diretorias que atuam regionalmente. Situadas no Brasil, Estados Unidos e Irlanda do Norte, são responsáveis pelas Plataformas de Negócios da América do Sul, América do Norte – que também abrange as operações da Divisão ÁsiaPacífico - e Europa, respectivamente. Por se tratar de um tema estratégico para os negócios, a Companhia conta, ainda, com um Comitê de Sustentabilidade (ver link), que se reporta ao Conselho de Administração.


Temas Materiais para uma Operação Global Sustentável
GRI G4-18

Cada diretoria regional de sustentabilidade tem autonomia para definir suas estratégias e direcionar suas ações de acordo com os desafios e oportunidades dos respectivos mercados em que atua. Além disso, a fim de assegurar uma abordagem comum que permita sinergias e melhores práticas de gestão, está sendo adotado um programa de sustentabilidade global, definido com base nas informações extraídas das matrizes de materialidade de cada operação regional (ver link). Dessa forma, cinco temas foram identificados como estratégicos e materiais para a JBS, uma vez que são fundamentais para o sucesso do negócio e altamente relevantes para os principais públicos de relacionamento da Companhia, em termos globais. Dentro das principais cadeias de valor da JBS, os temas materiais são desenvolvidos em diferentes etapas, conforme diretrizes corporativas (ver link).


TEMAS MATERIAIS GLOBAIS GRI G4-19
  • Saúde e segurança dos colaboradores
  • Bem-estar animal
  • Água
  • Integridade dos produtos
  • Mudanças climáticas

A Companhia também está atenta a outras importantes questões relacionadas à sustentabilidade, como energia, efluentes líquidos e resíduos sólidos, temas também abordados neste relatório.

Ao longo de 2015, a JBS evoluiu na definição de suas estratégias globais de sustentabilidade e também avançou em questões importantes, como atividades voltadas à sociedade e no diálogo e transparência com seus stakeholders. Com constante presença em discussões dos setores em que atua, manteve forte influência local e global, contribuindo na proposição de novas agendas (ver link), voltadas para a produção sustentável e aprimoramento da governança socioambiental da indústria de alimentos.