SOBRE ESTE RELATÓRIO
Este Relatório Anual e de Sustentabilidade da JBS S/A é o primeiro a ser elaborado com abordagem global

Nesta publicação, a JBS S/A relata a evolução de seus negócios, no âmbito econômico, social e ambiental, das seis unidades que a compõem (JBS Mercosul, JBS Foods, JBS USA Carne Bovina, JBS USA Carne Suína, JBS USA Aves e JBS Europa). Também apresenta, neste relatório, iniciativas e desempenhos registrados no período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2015. GRI G4-17, G4-22, G4-23, G4-28, G4-29, G4-30

Desde 2012, a JBS S/A voluntariamente divulga suas informações de acordo com as diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), e pelo segundo ano consecutivo adota a opção essencial das Diretrizes da GRI G4. Essa metodologia oferece indicadores que podem ser utilizados para apresentar o desempenho de empresas, independentemente do setor de atuação e localidade de suas operações, de forma a permitir a comparabilidade das informações ao longo do tempo e entre diferentes instituições. GRI G4-32

Alguns indicadores de desempenho GRI (ambientais, sociais e econômicos) reportados neste relatório ainda não incluem todas as operações globais, devido às diferenças ainda existentes entre as empresas no que diz respeito ao monitoramento dos indicadores. Essas mesmas diferenças fazem com que alguns indicadores não contenham, ainda, o histórico do seu desempenho. Esses casos são explicitamente apontados ao longo do conteúdo. GRI G4-22, G4-23

Para encaminhar comentários, sugestões, dúvidas ou críticas a este documento, entre em contato por meio do e-mail relatorio.anual@jbs.com.br . GRI G4-31



Matriz de Materialidade
GRI G4-18

O conteúdo deste relatório apresenta ao leitor informações sobre as operações e desempenho da Companhia em 2015, de acordo com os seguintes aspectos altamente relevantes para a sustentabilidade global do negócio e para os principais públicos de relacionamento da Companhia: integridade dos produtos, saúde e segurança dos colaboradores, bem-estar animal, água e mudanças climáticas.

Esses cinco temas foram definidos em consenso pelas três diretorias regionais de Sustentabilidade - localizadas no Brasil, Estados Unidos e Irlanda do Norte -, com base nas suas respectivas matrizes de materialidade. No Brasil, por exemplo, a Companhia revalidou sua última matriz de materialidade, elaborada em 2014. Tal processo de revalidação foi conduzido com o objetivo de revisar a relevância dos temas para a sustentabilidade da JBS no País.

O processo de materialidade realizado em 2014 contou com o apoio de consultoria especializada, que utilizou em sua metodologia entrevistas presenciais com os principais executivos da Companhia, nas quais foram identificados os fatores de sucesso para o negócio.

A partir dos fatores de sucesso, foram selecionados stakeholders de cada categoria de relacionamento (fornecedores, clientes do mercado interno e mercado externo, governo e sociedade civil) que, por meio de entrevistas presenciais ou via telefone, tiveram as suas demandas e opiniões identificadas. Os critérios para a seleção desses stakeholders foram o alto nível de exigência em assuntos de sustentabilidade e o alto nível de legitimidade dentro de sua categoria. GRI G4-24, G4-25, G4-26 e G4-27

Com isso, a matriz identificou os seguintes aspectos:


MATRIZ DE RELEVÂNCIA JBS 2015 (BRASIL)



Temas estratégicos
  • 1. Transparência e confiabilidade das informações
  • 2. Bem-estar animal
  • 3. Qualidade e segurança do alimento
  • 4. Garantia de origem
  • 5. Água
  • 6. Mudanças climáticas
  • 7. Resíduos sólidos
  • 8. Concorrência

Outros temas
  • 9. Biodiversidade
  • 10. Energia
  • 11. Transgênicos
  • 12. Saúde e segurança do trabalhador
  • 13. Desperdício de alimentos
  • 14. Consumidores
  • 15. Saúde e nutrição
  • 16. Desenvolvimento local
  • 17. Hábito de consumo
  • 18. Direitos trabalhistas
  • 19. Agricultura familiar
  • 20. Investimento social
  • 21. Impactos nas comunidade locais e tradicionais

Nos Estados Unidos (que além das operações da América do Norte centraliza as da região Ásia-Pacífico), os temas elencados se referem a aspectos de meio ambiente, sociais, econômico e de responsabilidade pelo produto.



MATRIZ DE RELEVÂNCIA JBS 2015 (ESTADOS UNIDOS)



Meio ambiente
  • A. Biodiversidade
  • B. Emissões (ar)
  • C. Emissões (água)
  • D. Uso de energia
  • E. Gestão da terra
  • F. Desperdício
  • G. Uso da água

Social
  • A. Saúde e bem-estar animal
  • B. Direitos humanos
  • C. Impacto sobre comunidade
  • D. Direitos trabalhistas
  • E. Saúde e segurança dos colaboradores

Responsabilidade pelo produto
  • A. Saúde e segurança do consumidor
  • B. Informação e educação do consumidor
  • C. Tecnologia na agricultura
  • D. Transparência da cadeia de valor

Econômico
  • A. Ética e integridade dos negócios
  • B. Investimentos na comunidade
  • C. Transparência da Companhia
  • D. Compliance com legislação
  • E. Fornecedores locais

Na Europa, a atuação da Companhia em temas relacionados à sustentabilidade é pautada pelo princípio de fazer as coisas certas, minimizando o impacto das operações no meio ambiente e trabalhando em parceria com as partes interessadas. A gestão dos negócios é feita com o compromisso de atuar de forma responsável e sustentável. Para gerenciar e minimizar o impacto das operações, a Companhia adota iniciativas no sentido de reduzir o uso de energia e de emissões de gases de efeito estufa, diminuir o consumo de água e descargas de efluentes, além de destinar adequadamente seus resíduos.



Indicadores GRI

Com a definição dos temas materiais, os indicadores GRI a serem reportados foram definidos e respondidos por profissionais de diferentes áreas da Companhia, no Brasil e no exterior, responsáveis pelo gerenciamento das ações refletidas nos dados apresentados.

O detalhamento de tais indicadores está disponível no Sumário de Conteúdo da GRI G4.



LIMITES DOS TEMAS MATERIAIS G4-19, G4-20, G4-21

Tema material Aspectos materiais GRI relacionados Impacto dentro da JBS (unidades de negócio) Impacto fora da JBS (públicos de relacionamento) Indicadores GRI relacionados
Integridade dos produtos Avaliação ambiental de fornecedores; Práticas de compra; Avaliação de fornecedores em práticas trabalhistas; Trabalho forçado ou análogo ao escravo; Avaliação de fornecedores em direitos humanos; Avaliação de fornecedores em impactos na sociedade; Saúde e segurança de clientes; Saúde e segurança do consumidor; Comunicação de marketing Abrange todas as unidades de negócio da JBS (produtivas e comerciais), situadas em mais de 15 países. Público interno, fornecedores, clientes e consumidores. EN32, EN33, EN34, FP1, FP2, LA15, HR6, HR10, HR11, SO9, SO10, PR1, FP5, FP6, FP7, PR6
Saúde e segurança dos colaboradores Alimentação saudável com preço acessível; Saúde e segurança no trabalho Abrange todas as unidades de negócio da JBS (produtivas e comerciais), situadas em mais de 15 países. Público interno, terceiros e fornecedores. LA5, LA6, LA7, LA8
Bem-estar animal Criação e genética de animais; Pecuária; Transporte, Manejo e Abate Abrange todas as unidades de negócio da JBS (produtivas e comerciais), situadas em mais de 15 países. Meio ambiente, matéria-prima, público interno, fornecedores, clientes e consumidores. FP9, FP10, FP11, FP12, FP13
Água Água Abrange todas as unidades de negócio da JBS (produtivas e comerciais), situadas em mais de 15 países. Meio ambiente, matéria-prima, público interno, fornecedores, clientes e consumidores. EN8, EN10
Mudanças climáticas Desempenho econômico; Emissões Abrange todas as unidades de negócio da JBS (produtivas e comerciais), situadas em mais de 15 países. Meio ambiente, matéria-prima, público interno, clientes, fornecedores e consumidores. EC2, EN15, EN16, EN17, EN18, EN19